Suneto Caipira


Leo Fonteviva - Salvador - 31/03/2009


Ói eu cum suneto caipira,

Qui iguar nunca uví dizê.

Facinho, mansinho, sem ira,

Cum as rima que aprendi sem lê.

O linguajá um tanto chulo,

Di quem muito pôco istudô.

Porém, num sô ninhum mulo,

Da vida sô prufessô!


Pra qui palavrão cumpricado

E o suneto tê qui sê ispricado,

Pra mode si cumpriendê?!


Caipirês é a língua falada.

A rima é certa, a iscrita errada.

E a puisia é di facir intendê!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo